PAA

BA: horta feminina orgânica cresce cinco vezes com incentivo do PAA

Na comunidade de Agrovila 13, em Serra do Ramalho (BA), 11 mulheres vestiram a camisa da agricultura familiar e formaram o projeto Cattleya. O grupo foi criado em 2005 e reinventou a forma de produção na região. Apoiadas pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), as Cattleyas são referência em produção. Cultivam mais de 30 espécies de orgânicos e as mudas são vendidas, por semana, em mais de 200 casas da comunidade. O trabalho do grupo gerou resultados e a produção subiu mais de 400% em cinco meses. A produção antes do PAA era de 300 mudas e, hoje, subiu para 1,6 mil.

Programa Sintonia Rural #43

Chamadas:

-Sabia que o maior beneficiário da nova lei de regularização fundiária é o agricultor familiar da Amazônia?

-Oportunidade: cooperativas e associações podem enviar novas propostas para o PAA Formação de Estoques

- Agora a agricultura familiar tem o "Sistema Oportunidades" para monitorar chamadas públicas

Agricultora do DF expande mercado de beira de estrada para contratos com o governo

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) tem ajudado muitos agricultores familiares a aumentar a clientela. Ter o próprio governo como freguês pode ser uma ótima oportunidade para quem quer complementar a renda. É o caso da agricultora Alvina Nunes, 50 anos. Ela vende hortaliças nas rodovias próximas a Planaltina, a 38 km de Brasília. E uma das formas de comércio é por meio dos contratos com o governo.

Adeus fumo, olá agroecologia!

Preocupado com sua saúde e a de sua família, o agricultor Gilmar Cognacco, 48 anos, decidiu mudar de vida e parar de plantar fumo. Desde criança convivia com a produção de tabaco na terra dos pais. Ao se casar, deu continuidade a atividade, mas começou a sentir os efeitos negativos.

Pronaf define futuro de jovem rural

O acesso ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) para jovens direcionou a escolha profissional de Pedro de Assis de Oliveira, 26 anos. No final deste ano, ele se forma no curso de Zootecnia e pretende dedicar-se ainda mais a produção de mel.

Incentivo à produção sustentável

Em reunião com organizações, que incentivam a produção de alimentos saudáveis e sustentáveis, que integram a Articulação Nacional de Agroecologia (ANA), nesta terça-feira (23), em Brasília, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, reafirmou o compromisso da pasta para promoção de políticas com esse viés. Ele citou, em especial, a ampliação dos serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) e a implementação do II Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Planapo).

Políticas públicas, orgânicos e agricultura familiar na Biofach

Teria o Brasil algo a dizer ao mundo sobre políticas públicas e o cultivo de alimentos orgânicos e sustentáveis? Claro! Por este motivo, a experiência brasileira na criação do Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Planapo) e nas formas de comercialização foi debatida junto a espectadores de vários países nesta quarta-feira (11), na Alemanha. O fórum ‘Políticas governamentais para agricultura orgânica no Brasil’, foi apresentado pelo coordenador de Abastecimento e Comercialização MDA, Igor Teixeira, durante a Biofach.

Oficina debate normativa sobre a Pequena Agroindústria do Leite

O agricultor familiar da Serra da Canastra, em Minas Geras, Luciano Carvalho, deixou sua propriedade nesta quarta-feira de cinzas, 10/02, já a noitinha, e, de ônibus, seguiu rumo à Brasília, chegando ao seu destino no início desta quinta-feira (11). Ele não pôde cumprir sua rotina: cuidar das 40 vacas que cria com a família, ordenhar os 200 litros de leite e, assim, produzir 20 tradicionais queijos canastras. Tinha compromisso muito importante na capital federal. A tarefa nesses dias ficou por conta do filho.

Quilombolas vão fornecer alimentos para programas do Governo Federal

A comunidade Nossa Senhora Aparecida - localizada no município de Cromínia (GO), distante cerca 80 km da capital Goiânia -, será o primeiro grupo quilombola do estado a vender alimentos para programas do Governo Federal.

Assistência técnica muda panorama e impulsiona produção

Da propriedade de Olivan Lima Peres, localizada em Planaltina (DF), todo mês, saem cerca de mil caixas de pimentão para abastecer escolas e hospitais do Distrito Federal. Por meio dos programas de Aquisição de Alimentos (PAA) e da Alimentação Escolar (Pnae), o produtor, que é referência na região, comercializa 90% de sua produção. Mas nem sempre foi assim.

Páginas

Ir para o Topo