SRA

Linhas de Financiamento do PNCF

 

O PNCF possui três linhas de financiamento que variam por área de abrangência e de acordo com as necessidades dos beneficiários. São elas: 

• PNCF Social 
• PNCF Mais 
• PNCF Empreendedor
 


PNCF Social - Linha criada para atender as famílias rurais que estão na área de abrangência da Sudene (Região Nordeste e norte de Minas Gerais e Norte do Espírito Santo) que estão inscritas no Cadastro Único. Apesar de todos os contratos dessa linha serem individuais, o agricultor pode acessá-la de forma de associativa.

 

PNCF Social/SIC – Apesar de o contrato de financiamento ser individual, a forma de acesso ao Programa é coletiva. Nesse caso os recursos para investimentos vêm do Subprojeto de Investimentos Comunitários (SIC), não reembolsável.


 
PNCF Social/SIB – Nesse caso o agricultor acessa o Programa de forma individual cujos recursos para investimento são oriundos do Subprojeto de Investimento Básico (SIB), reembolsáveis, e que podem ser financiados junto com o Subprojeto Aquisição de Terra (SAT). 

 

Para o enquadramento, o agricultor deve ter: 

Renda familiar anual de até R$ 20 mil e patrimônio de até R$ 40 mil. Esse valor pode chegar a R$ 100 mil, quando a área a ser adquirida for proveniente de herança e o comprador for um dos herdeiros.

 

 Mais informações sobre a Linha: 

O crédito pode atender até R$ 140 mil para a compra do imóvel e investimento em infraestrutura. 

Recurso de R$ 7.500 reais para Ater, por cinco anos, com parcelas anuais de R$ 1.500,00 por beneficiário; 

O acesso pode ser coletivo, mas o financiamento é individual; 

Até 25 anos para quitar o financiamento, incluindo os 36 meses de carência; 

Taxas de juros de 0,5% ao ano; 

Bônus de até 40% para quem efetuar os pagamentos em dia. 
 


PNCF Mais - atende agricultores sem terra ou com pouca terra (meeiros e arrendatários assalariados, diaristas etc.) que estão nas demais regiões (S, SE, N e CO), exceto em áreas da Sudene. Os recursos podem ser utilizados para aquisição da terra (SAT) e para investimentos básicos (SIB), à estruturação da unidade produtiva. 

 

Para o enquadramento, o agricultor deve ter: 

Renda familiar anual de até R$ 40 mil e patrimônio anual inferior a R$ 80 mil. Esse valor pode chegar a R$ 100 mil, quando a área a ser adquirida for proveniente de herança e o comprador for um dos herdeiros.

 
 
Mais informações sobre a linha: 

O financiamento pode chegar até R$ 140 mil, de acordo com os micro tetos regionais; 

Recurso de R$ 7.500 reais para Ater, por cinco anos, com parcelas anuais de R$ 1.500,00 por beneficiário; 

Até 25 anos para quitar o financiamento, incluindo os 36 meses de carência; 

Taxas de juros de 2,5% ao ano; 

Bônus de até 20% para quem efetuar os pagamentos em dia. 

 

PNCF Empreendedor – destinada à agricultores de todas as regiões que desejam comprar uma propriedade ou ampliar seu imóvel. Nessa linha o risco da operação fica a cargo dos agente financeiros.

 

Para o enquadramento, o agricultor deve ter: 

Renda familiar anual de até R$ 216 mil e patrimônio anual inferior a R$ 500 mil. 

 

Mais informações sobre a Linha: 

O financiamento pode chegar até R$ 140 mil, de acordo com os micro tetos regionais; 

Até 25 anos para quitar o financiamento, incluindo os 36 meses de carência; 

Taxas de juros de 5,5,0% ao ano; 
 
Quem se enquadra nos critérios do Programa, deve procurar o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais ou da Agricultura Familiar, ou a rede de parceiros do PNCF que atuma em seu município ou ainda a prefeitura.
 

Ir para o Topo