SDT

As áreas de resultados são objetos da construção da proposta de desenvolvimento sustentável de territórios rurais por meio do acúmulo de experiências, análises e iniciativas existentes Brasil e no exterior. O objetivo é inovar alguns aspectos da gestão pública, apoiando iniciativas de desenvolvimento autógeno de popula-ções que se identificam como pertencentes a um mesmo território, neste caso, território “rural”. 

Estes elementos precursores de coesão social e territorial são apropriados por um processo de planejamento que procura organizar problemas e soluções, convocando os poderes locais e a sociedade a assumirem papéis de protagonistas responsáveis pelas iniciativas acordadas. 

A abordagem territorial pode ser aplicada para diversos fins e em diversos ambientes ou cenários. Busca sintetizar certo número de conceitos, convertidos em critérios, o que configura uma “estratégia”, no nosso caso de “desenvolvimento rural sustentável”. 

O alcance do desenvolvimento territorial depende, além de fatores externos ao controle das ações e iniciativas da SDT e seus parceiros diretos, de um conjunto de ações que incidem sobre eixos centrais de intervenção, por intermédio elaboração, implementação e gestão do Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável-PTDRS, e da implantação do conjunto de projetos a ele vincula-dos. 

Esses eixos centrais definidos pelo Programa e aqui denominados áreas de resultados são : 

a)    Fortalecimento da Gestão Social 
b)    Fortalecimento das Redes Sociais de Cooperação 
c)    Dinamização Econômica nos Territórios Rurais 
d)    Articulação de Políticas Públicas

 

Ir para o Topo