SAF

O MDA, por meio da SAF/Dater, apoia projetos de assistência técnica e extensão rural em áreas indígenas que têm como referência o etnodesenvolvimento das comunidades, a promoção da segurança alimentar e o incentivo às atividades produtivas em comunidades indígenas, por intermédio de metodologias específicas que valorizem os elementos culturais, os aspectos ambientais e os alimentos tradicionais. 

Essas ações são promovidas em conjunto com as demais áreas do MDA, por meio de parcerias com órgãos governamentais e a sociedade civil. As diretrizes têm como referência a Política Nacional de Ater e as determinações apontadas pela Comissão Nacional de Política Indigenista. 

 

Linhas de ações apoiadas: 

• Gestão e controle territorial, contribuindo com a ocupação, defesa e usufruto dos territórios indígenas. 

• Planejamento e organização territorial, ambiental e produtiva, de áreas indígenas recém demarcadas ou re-ocupadas, contribuindo para garantia do uso sustentável das mesmas pelo povo indígena. 

• Abordagem agroecológica da produção e valorização de técnicas produtivas tradicionais da etnia. 

• Agregação de valor a produção. 

• Certificação socioparticipativa da produção indígena. 

• Agroindustrialização e comercialização da produção. 

• Potencialização da produção e comercialização do artesanato indígena. 

• Conservação, revitalização e beneficiamento de espécies tradicionais de uso indígena. 

• Criação de animais, de forma compatível com as práticas agroecológicas, para subsistência, comercialização e/ou repovoamento. 

• Recuperação/utilização de áreas degradadas, considerando os saberes tradicionais relativos ao conhecimento do bioma. 

• Manejo ambiental, uso sustentável dos recursos naturais e acesso a recursos hídricos (garantia de quantidade e qualidade). 

• Capacitação de indígenas e de suas organizações para o gerenciamento de projetos, assistência técnica e consolidação de experiências administrativas e políticas. 

• Intercâmbios entre as comunidades e/ou etnias favorecendo a troca de experiências. 

• Fortalecimento do conhecimento tradicional e das formas tradicionais de transmissão do conhecimento.

Ir para o Topo