Notícias

 Nesta semana, a Subsecretaria de Regularização Fundiária na Amazônia Legal (Serfal) bate o número de 1.437 entregas de títulos rurais, como foi planejado para os meses de abril e maio. Uma vez com esse registro de posse em mãos, os agricultores familiares passam a acessar outras políticas públicas e crescem no campo. É o Programa Terra Legal, conduzido pela Serfal, transformando a realidade de diversas famílias na região amazônica.
A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), por meio de suas delegacias federais (DFDA) do Espírito Santo e de São Paulo, participa, nesta sexta-feira (26), do Simpósio de Compras de Alimentos da Agricultura Familiar para atendimento a órgãos públicos. O evento tem o objetivo de prestar esclarecimentos a gestores governamentais, além de orientar técnicos sobre os passos necessários para fomentar a aquisição dos produtos da agricultura familiar, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).
Omnia vincit labor. A frase, em latim, significa “o trabalho vence tudo”. A expressão é o lema da agricultora familiar Hortência Osaqui, de 50 anos, e veio junto com a herança de seu pai ao deixar a Fazenda Bacuri, no município de Augusto Corrêa, interior do Pará. “Meu pai era um visionário. Já na década de 70, ao olhar para essa terra, ele acreditava que o manejo do bacurizeiro mudaria a vida das pessoas da região”, conta, emocionada. 
Ao atualizar as leis 8.629/1993 e 11.952/2009, que tratam da reforma agrária e regularização das ocupações em estados da Amazônia pelo Programa Terra Legal, a Medida Provisória 759 tem como principal objetivo consolidar e aumentar a velocidade de titularização de terras. A proposta do Governo Federal enviada ao Congresso Nacional trata de um modelo de reforma agrária mais transparente, eficaz e ágil, que pretende corrigir irregularidades do passado e garantir ao trabalhador rural assentado o direito de acesso às políticas públicas da agricultura familiar.
Eles estão pelas fazendas e campos. Dedicam o tempo ao trabalho rural. Juntos quase todos os dias, a relação entre extensionista e agricultor familiar pode ultrapassar as fronteiras do campo. Uma ajuda dali, uma dúvida de cá; e assim os dois dividem mais do que as demandas da produção rural, mas uma vida inteira. Agente de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), José Gonçalves do Nascimento, 53 anos, se tornou para o agricultor Moisés dos Santos Silva, 56, uma referência.
A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), por meio de sua Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário do Mato Grosso Sul (DFDA-MS), participou na última terça-feira (23), em Campo Grande, de reunião para discutir a instalação de um comitê técnico estadual que possa coordenar e articular políticas públicas direcionadas aos povos indígenas Guarani-Kaiowá.  
Já imaginou tomar uma cerveja 100% orgânica e com sabor de goiaba? Degustar uma geleia sem açúcar ou saborear quatro tipos de arroz? Na Serra Gaúcha, a Cooperativa Agropecuária de produção e comercialização Vida Natural (Coopernatural) produz esses e outros alimentos, qualificados e selecionados para serem apresentados durante a Bio Brazil Fair, que acontece de 7 a 10 de junho, no Pavilhão da Bienal do Ibirapuera, em São Paulo. Mais de 1.500 itens da cooperativa serão levados para a feira. “Nosso objetivo a cada ano é inovar.
Investir em diferentes tipos de produtos em uma mesma propriedade traz muito mais que benefícios financeiros, representa também benefícios para o meio ambiente. A forma como se cultiva os alimentos faz toda a diferença. A escolha do que plantar, quando plantar e como plantar pode ser fundamental para conservar a base de toda a plantação: a terra.
Fortalecer a Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) em todo o país está entre as metas prioritárias da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead). Como resultado, nesta quinta-feira (25) serão entregues 297 computadores para a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Sul (Emater/RS). Foram investidos R$ 800 mil na compra dos aparelhos que beneficiarão 150 mil famílias rurais.
A história desse café está ligada à luta diária das mulheres do campo, embora em seu cheiro e gosto predomine a doçura dos grãos selecionados, que o torna diferente e especial. Plantado e colhido no Sul de Minas Gerais, o Café Familiar da Terra – Orgânico Feminino deu voz a um grupo de mulheres da Cooperativa dos Agricultores Familiares de Poço Fundo (Coopfam), município onde elas vivem.
Em 13 dias, São Paulo receberá a maior feira de negócios orgânicos da América Latina, a Bio Brazil Fair | Biofach América Latina - Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia. Produtores e fabricantes terão a oportunidade de alavancar as vendas, atrair novos compradores, monitorar negócios em andamento, rever clientes e, mais do que tudo isso, levar o conhecimento dos benefícios dos produtos orgânicos para um público diverso. A feira ficará montada no pavilhão da Bienal do Ibirapuera, em São Paulo, de 7 a 10 de junho.
 Legumes, arroz, feijão, leite. Uma variedade de produtos que podem ser a garantia de renda para o agricultor familiar. A diversificação é uma forma de se precaver de prejuízos causados por pragas, mudanças climáticas e queda de preços. Para garantir a renda e ficar menos vulneráveis aos imprevistos, agricultores familiares têm investido no cultivo de produtos variados.
A água é fundamental à vida. Mas esse importante recurso tem sido fonte de preocupação em Brasília devido à crise hídrica por conta dos baixos níveis de água dos reservatórios. Pensando em uma maneira de contribuir para a conscientização sobre o desperdício deste recurso, uma escola de Brasília desenvolveu o projeto “Por um mundo melhor”. 
A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) participou, nesta segunda-feira (22), do Intercâmbio de Experiências em Boas Práticas em Extensão Rural da Região Sul. O evento tem por objetivo promover a troca de conhecimentos entre a Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai – países do Cone Sul – sobre os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) prestados à agricultores familiares.

Páginas

Ir para o Topo