Saberes e Sabores: o protagonismo das mulheres rurais no resgate da alimentação tradicional e na proteção da bodiversidade

sexta-feira, 6 Julho, 2018 - 10:15
Ascom Sead

Os organizadores da Campanha #MulheresRurais, Mulheres com Direitos (REAF, FAO, ONU Mulheres, CAC-Sica, SEAD/Brasil e DGDR-MGAP/Uruguai)  lançaram, em 1 de junho, a convocatória Saberes e Sabores: as Mulheres Rurais no resgate da alimentação tradicional saudável e na proteção à biodiversidade. As inscrições poderão ser feitas até 1 de agosto. Para formalizar a inscrição a/o participante deverá preencher o formulário online disponibilizado no Blog Saberes e sabores, de acordo com a categoria desejada. Não existe limite para o envio de materiais por pessoa ou organização.

Esta convocação busca homenagear o papel fundamental das mulheres rurais na produção sustentável de alimentos saudáveis e nutritivos, seus conhecimentos tradicionais, além de reconhecer os empreendimentos das mulheres agrícolas cujos produtos e serviços promovem a proteção da biodiversidade.

A convocatória terá dois resultados principais: a documentação multimídia de saberes gastronômicos e um catálogo de produtos e serviços desenvolvidos por mulheres rurais. A ação é acompanhada pelo blog Saberes y Sabores, uma plataforma interativa que divulgará as preparações gastronômicas e os empreendimentos inscritos, no intuito de incentivar a participação de mais mulheres.

Seleção

As instituições organizadoras irão formar um júri especializado que ficará responsável pela seleção das receitas e empreendimentos participantes. Os jurados vão revisar as melhores experiências inscritas, conforme a pontuação, e assim definir os primeiros lugares e menções honrosas. 

Campanha #MulheresRurais, Mulheres com direitos

#MulheresRurais, Mulheres com Direitos é uma campanha regional que a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário do Brasil (SEAD), organiza junto com a Reunião Especializada da Agricultura Familiar do Mercosul (REAF), a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), a ONU Mulheres, o Conselho Agropecuário Centro-Americano do Sistema de Integração Centro-Americano (CAC-SICA), bem como a Diretoria Geral de Desenvolvimento Rural do Ministério de Pecuária, Agricultura e Pesca do Uruguai (DGDR/MGAP).  

 

Gabriela Morais, estagiária sob supervisão da Assessoria de Comunicação
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Contatos: (61) 2020-0120 e imprensa@mda.gov.br

Tags da notícia: 
Ir para o Topo