Região Centro-Oeste se prepara para colheita e plantio

quinta-feira, 28 Janeiro, 2016 - 15:45

Banana, tangerina, limão, mandioca, hortaliças e guariroba são os principais destaques da colheita nos primeiros meses do ano na região Centro- Oeste. Mas também é época de plantar. E, neste ano, o grande volume de chuvas vai favorecer o plantio. De acordo com o departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural da Emater/GO, nesta época do ano os produtos mais indicados para o cultivo o são milho, feijão, sorgo, maracujá, melancia, abacaxi e hortaliças, que podem ser plantadas e colhidas durante todo ano.

No caso dos agricultores familiares, o diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural da Emater/GO, Antelmo Teixeira Alves, recomenda que antes de plantarem procurem um profissional que vai avaliar a propriedade e dar todas as orientações para a escolha da cultura ideal para aquela localidade. “É importantíssimo que o produtor rural, independentemente do tamanho, procure um assessoramento técnico”, destaca.

De acordo com o técnico, o assessoramento deve ser planejado, contínuo e envolver quatro pilares:

- Comportamental, que tem o envolvimento da família, respeito e ênfase ao conhecimento e valores;

- Cooperação, que tem o objetivo de promover interação com mais pessoas da comunidade por afinidade de vizinhança, família ou produtos;

- Planejamento, cada propriedade tem uma realidade e necessita de tratamento específico e acompanhamento de resultados;

- Tecnologia, que envolve o novo, o conhecimento, a capacitação continuada e a conexão com o moderno e competitivo.

Segundo Antelmo Teixeira Alves, no caso específico dos serviços públicos de Ater, estes devem encontrar a metodologia adequada ao envolvimento das famílias rurais, para que elas percebam a relevância da assistência. “A assistência técnica é importante para que os agricultores possam caminhar para sua autonomia, para que, em algum momento, tenha a convicção de que parte da renda poderá ser reinvestida em assessoramento técnico”, acrescenta.

Assistência para o desenvolvimento

O agricultor familiar que vai plantar e precisa de orientações pode contar com o os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). O objetivo da Ater é melhorar a renda e a qualidade de vida das famílias rurais, por meio do aperfeiçoamento dos sistemas de produção, de mecanismo de acesso a recursos, serviços e renda, de forma sustentável.

Entre os dias 31 de maio e 3 de junho será realizada em Brasília a 2º Conferência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e na Reforma Agrária (2º CNATER).  O evento busca estabelecer estratégias e ações prioritárias para promover a universalização da assistência técnica e extensão rural pública e de qualidade para a agricultura familiar.

A conferência é uma realização do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) sobre a coordenação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (Condraf).

 

Adolfo Brito

Ascom/MDA

 

 

Ir para o Topo