Programa Plantas Medicinais da Itaipu ganha primeiro lugar no ranking Benchmarking

quarta-feira, 12 Julho, 2017 - 17:00
Paulo Leopoldo / Ascom Sead

Este ano, o primeiro lugar no ranking Benchmarking - prêmio anual para os melhores casos socioambientais do Brasil - foi para o Programa Plantas Medicinais, da Itaipu, que é parceira da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Por meio do Programa, a Itaipu apoia o desenvolvimento da cadeia produtiva de fitoterápicos na região Oeste do Paraná, com a ajuda da Cooperativa Gran Lago, de agricultores familiares, e do Laboratório Yanten, o único da agricultura familiar no Brasil que produz orgânicos.

A Sead e a Itaipu conduzem, desde 2012, um acordo de cooperação técnica. O foco do programa é atuar no fomento da produção, pesquisa e uso fitoterápico na atenção à saúde pública. A Cooperativa Gan Lago cultiva as plantas, seca e, atualmente, vende para alguns municípios da região, com projetos aprovados junto ao Ministério da Saúde. Indústrias que comercializam chás para alimentação também compram as plantas. Já o Laboratório Yanten, além de produzir e secar as plantas, também produz fitoterápicos e é um dos fornecedores para os municípios, como Toledo, que desenvolve um projeto de Fitoterapia, na modalidade APL do Ministério da Saúde.

Segundo a consultora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento da Sead, Daniella Vasconcelos, o prêmio reconhece a importância do programa para a agricultura familiar e para a sociedade como um todo. "Temos geração de renda e garantia de mercado para o agricultor, e a oferta de um produto de qualidade para a população, seja na saúde pública, na alimentação de crianças, nas escolas, e no setor de fitoterápicos", justifica a consultora.

Em dezembro do ano passado, a Sead recebeu representantes de instituições do governo e da sociedade civil de cinco estados mais o Distrito Federal (DF) para a criação do Plano de Ação Estratégico para o Apoio às Cadeias de Valor de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. Durante o plano, foram mapeadas duas cadeias com os parceiros do projeto da Itaipu, a da Calêndula e da Espinheira Santa.

Estas ações e parcerias da Sead são parte de uma força-tarefa de apoio à implementação do Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. A secretaria desenvolve ações de incentivo e reconhecimento das práticas populares de uso de plantas medicinais e remédios caseiros. Uma delas é promover a capacitação de agricultores familiares no manejo e na produção de plantas medicinais, insumos e fitoterápicos adequados. Leia mais aqui.


Camila Costa
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação
Contatos: (61) 2020-0128 / 0122 e imprensa@mda.gov.br

Tags da notícia: 
Ir para o Topo