Plano Safra plurianual é apresentado e discutido em reunião da Asbraer

quinta-feira, 31 Agosto, 2017 - 11:15
Rômulo Serpa / Ascom Sead
José Ricardo Roseno, titular da Sead, apresenta Plano Safra da Agricultura Familiar 2017/2020 para representantes das Emateres

As estratégias do Plano Safra da Agricultura Familiar 2017/2020 abriram as discussões, na manhã desta quinta-feira (31), da 28ª Assembleia Geral Extraordinária da Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer). O tema foi apresentado pelo titular da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), José Ricardo Roseno, durante encontro, que está sendo realizado em Maceió (AL), com autoridades e representantes das Empresas de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emateres).

O evento acontece anualmente com o objetivo de debater experiências, estratégias e ações ligadas à prestação da assistência técnica aos agricultores familiares brasileiros. O secretário da Sead, que já foi presidente da Asbraer e da Emater de Minas Gerais, frisou, em sua apresentação, que a rede pública de Ater é uma das principais parceiras da Secretaria. “Nós não executamos nada sozinhos, para chegar até ao agricultor, precisamos de ações em rede e essa foi a nossa principal estratégia na construção do Plano Safra da Agricultura Familiar plurianual”, afirmou Roseno, que detalhou cada um dos 10 eixos priorizados no Plano para os próximos três anos. Leia mais aqui.

Um dos pontos que mais chamou atenção dos presentes foi a fala do secretário em relação à Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater). Segundo ele, essa Agência é uma luta de muitos anos, foi criada em 2013, mas até o ano passado ainda não tinha nenhum instrumento de trabalho para gestão da instituição. “Esse é um projeto audacioso, que construímos desde que iniciamos os nossos trabalhos à frente da Sead, com reuniões mensais, e em maio deste ano conseguimos avançar no formato de modo que pudéssemos dar segurança jurídica à Anater”, explicou Roseno, ressaltando que o objetivo da Sead é consolidar essa entidade.

Por fim, o secretário reafirmou a importância da Ater para a agricultura familiar. “Essa política tem que ser prioridade porque são os extensionistas que chegam até a ponta, que estão em contato direto com os nossos agricultores familiares, levando não só a assistência técnica, mas também as informações sobre as nossas políticas públicas”, disse Roseno.

A reunião

Também estão na pauta da 28ª Assembleia Geral Extraordinária da Asbraer, que tem atividades previstas para até esta sexta-feira (01), temas como a parceria entre a Anater com os órgãos estaduais de assistência técnica, sistema de acompanhamento do produtor rural e ações de inclusão produtiva por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), além da apresentação de informações sobre o Produto Interno Bruto (PIB) da agricultura familiar.

Ater

Com crescimento nos últimos anos, a Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) alcançou a marca de mais de 5 mil unidades de atendimento e beneficiou mais de dois milhões de produtores. Minas Gerais foi o estado com o maior número de atendimentos, seguido pelo Rio Grande do Sul e Pernambuco. As unidades da federação com mais atendidos foram o Sudeste, Sul e Nordeste.

 

Valéria Araújo
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação
Contatos: (61) 2020-0128 / 0127 e imprensa@mda.gov.br

Imagens: 
Tags da notícia: 
Ir para o Topo