O protagonismo da mulher no campo leva a Coopercuc à mais uma edição da Biofach

sexta-feira, 9 Fevereiro, 2018 - 10:45
Ascom Sead

Com sede no município de Uauá, norte da Bahia, a Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá – Coopercuc, já vive as expectativas para a Biofach 2018, que acontecerá entre os dias 14 e 17 de fevereiro, em Nuremberg, Alemanha. O empreendimento foi um dos nove selecionados, por meio de chamada pública da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead).

Há mais de uma década, a cooperativa trabalha com mulheres do semiárido baiano na colheita do umbu, maracujá e goiaba, além da produção de doces em pastas, sucos e geleias. Os produtos são de indiscutível excelência gastronômica, tanto que contrariando o curso natural das coisas, a Coopercuc, antes de se consagrar no mercado nacional começou sua trajetória exportando para países europeus. 

A cooperativa atua hoje no fortalecimento da agricultura familiar com o beneficiamento de frutas nativas da caatinga, por meio de processos ecologicamente corretos, economicamente viáveis e socialmente justos e solidários. Além disso, levantam uma bandeira, estimulam o protagonismo da mulher do campo na questão da sua participação na geração de renda e nas decisões políticas. 

O carro chefe da Coopercuc para a Biofach esse ano são os doces e polpas feitos de umbu. De origem tupi-guarani, ymbu, que significa “árvore que dá de beber”, o umbuzeiro faz referência a sua característica de armazenamento de água, especialmente da raiz, qualidade necessária para sobrevivência nos longos períodos de seca em seu habitat natural, a caatinga. Ademais, o umbu é uma fruta, rica em sais minerais e vitaminas.

De acordo com Denise Cardoso, presidente da Coopercuc, a participação na feira esse ano é mais do que um momento de celebração. A ideia é entrar para o mercado dos orgânicos com mais força mostrando a riqueza da caatinga e ainda, conseguir novos selos de certificações, para assim, desenvolver outros produtos e voltar a exportar com potencialidade. 

Esse é o momento, e a Biofach é a melhor porta para que a cooperativa consiga dar visibilidade ao desenvolvimento da agricultura familiar no sertão. O vislumbre agora é a consolidação internacional, visto que a cooperativa já conseguiu se firmar e atuar no Brasil. 

“A minha expectativa é alta, não é só a Coopercuc, é o Brasil sendo representado. A Sead abriu as portas para anunciar o melhor do nosso país no meio dos orgânicos num ótimo cenário mundial. Nós somos riquíssimos em possiblidades”, afirma Denise.

 

Biofach

A agricultura familiar além de responsável pela produção de 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros, atravessa o Oceano Atlântico, apresentando sabores típicos do Brasil.A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), com o intuito de ampliar o mercado consumidor, levará nove empreendimentos selecionados por meio de chamada pública para a Biofach 2018. O evento que acontece entre os dias 14 e 17 de fevereiro, em Nuremberg, Alemanha, é considerado a maior e mais importante feira de orgânicos do mundo. A Biofach acontece anualmente e está em sua 29ª edição. A Sead participa pelo 15º ano.
 
Os nove empreendimentos brasileiros: Cootap, Coopfam, Cooperacre, Coodapis, Fazenda Bacuri, Reca, Weber Haus, Frutipérola e Coopercuc, mostrarão os produtos e sabores da agricultura familiar do Brasil, e ainda suas formas de gestão e as histórias das cooperativas no estande Brasil - Family Farming. Estarão presentes produtores de arroz, café, castanha-do-brasil, mel, geleias, licores, polpas e cachaças.  

Serviço

Biofach 2018

Data: 14 a 17 de fevereiro de 2018
Local: Nuremberg, Alemanha

Para saber mais sobre a Biofach 2018, clique aqui. 
Para acessar o catálogo das Cooperativas, clique aqui. 
 
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação
Contatos: (61) 2020-0120 e imprensa@mda.gov.br


 

 

Tags da notícia: 
Ir para o Topo