Notícias

Mudanças, que entram em vigor na quarta-feira, foram detalhas pelo secretário do Mapa, Fernando Schwanke, e pelo presidente do INSS, Renato Vieira. Trabalhadores não precisarão mais recorrer a sindicatos para obter declaração comprobatória
FERNANDO SCHWANKETitular da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Henrique Kohlmann Schwanke é natural de Porto Alegre (RS). Engenheiro florestal formado em 1988 pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), participou, durante um ano, de estágios profissionalizantes na Direção Florestal de Stuttgart/Alemanha, no Instituto de Pesquisas Florestais da Áustria e no Ministério da Agricultura da Espanha.
 Durante dois meses a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) divulgou a campanha Agricultura Familiar na Raiz, que teve como objetivo apresentar a importância do órgão para o desenvolvimento do país, por meio de políticas públicas, assistência técnica e programas referentes às questões agrárias e fundiárias, além de responder às demandas da sociedade e dos movimentos sociais com enfoque na agricultura familiar.
Em atenção a uma das paisagens de maior biodiversidade e beleza do Brasil, a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), celebra o Dia Nacional do Bioma Pampa, comemorado oficialmente no dia 17 de dezembro em homenagem à data de nascimento do célebre ambientalista gaúcho, José Lutzemberger.
A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) promoverá, entre os dias 21 e 22 de dezembro, no Mercado de Produtores do Uptown Barra, Zona Oeste do Rio de Janeiro, o projeto Mercado da Agricultura Familiar, onde o público poderá conhecer, provar e comprar alimentos e bebidas produzidas por 30 empreendimentos da agricultura familiar fluminense e de outros estados.
O Plano Nacional de Juventude e Sucessão Rural é um instrumento que consolida um conjunto de políticas públicas direcionadas para a juventude rural. O objetivo é ampliar o acesso da juventude do campo e possibilitar por meio da efetivação das políticas públicas nele propostas, dignidade, bem-estar e participação social, além de articular novas políticas que promovam qualidade de vida, acesso à terra, geração de trabalho e renda, criando condições para a permanência no campo e a emancipação socioeconômica e política.
A Associação dos Agricultores Familiares Produtores de Morango (Amorango), de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio de Janeiro, tornou-se o primeiro empreendimento produtivo da agricultura familiar em todo o país a utilizar o Selo Nacional da Agricultura Familiar (Senaf).
A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) celebraram  nesta terça-feira (18), Acordo de Cooperação Técnica (ACT) para ações conjuntas de apoio ao fortalecimento da agricultura familiar e segurança alimentar e nutricional, além de desenvolvimento dos agricultores familiares no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e do Projeto de Compras Públicas (PCP).
No último mês, a nova plataforma “Vitrine da Agricultura Familiar” recebeu mais de mil cadastros de produtos. Além da solicitação e renovação do novo Selo Nacional da Agricultura Familiar (Senaf), as organizações econômicas podem expor seus produtos na plataforma.
A Associação dos Agricultores Familiares do Alto Urupadi (AAFAU), de Maués (AM), participou no dia 6 de dezembro do 2º Fórum de Comércio Justo e Ético – uma iniciativa da União Europeia para identificar e compartilhar as melhores práticas do tema, além de oferecer maior variedade de produtos aos importados europeus.
Com o objetivo de conhecer e debater as políticas públicas e iniciativas que visam atingir os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) na América Latina, a International Land Coalition América Latina (ILC – ALC), em parceria com a Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar no Mercosul (Reaf), realizou encontro sobre os “Avanços e Desafios dos ODS para a agricultura familiar e os direitos sobre a terra.”
O Programa de Organização Produtiva de Mulheres Rurais (POPMR) surgiu em 2008 para atender a classe feminina em todas as regiões brasileiras. Instituído pela Portaria Interministerial n° 2, o POPMR é de responsabilidade da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) para fortalecer as organizações produtivas de trabalhadoras rurais. As agricultoras atendidas passam a ter acesso a outras políticas públicas de apoio à produção e comercialização da mesma, promovendo a autonomia econômica e o protagonismo feminino no campo.
Com o objetivo de promover o incentivo e acesso à leitura no meio rural com a implantação de bibliotecas, a formação e capacitação de agentes de leitura, o então Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), hoje Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), criou, em 2003, o Programa de Bibliotecas Rurais Arca das Letras.
Em um momento de exigências crescentes com as cooperativas rurais em relação às suas práticas de administração, o Programa de Assistência Técnica e Extensão Rural Mais Gestão (Ater Mais Gestão) promove o fortalecimento da agricultura familiar para o alcance de melhores resultados de mercado para os cooperados.
Com a finalidade de garantir qualidade e segurança higiênico-sanitária aos produtos da agricultura familiar, em 2006, sob a coordenação do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), foi criado o Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa).

Páginas

Ir para o Topo