Empresa investe em cosméticos com produtos orgânicos rastreados da agricultura familiar

terça-feira, 11 Abril, 2017 - 14:30
Arquivo Pessoal

Que tal tomar banho com sabonete de buriti, lavar os cabelos com xampu de pracaxi e andiroba e, ao final, passar um creme facial à base de óleo de café com extratos de Physalis e Araucária? E o melhor: feitos com produtos orgânicos rastreados e participação da agricultura familiar! Essa é a proposta de uma indústria de Curitiba (PR) que há sete anos investe numa produção que se preocupa com o meio ambiente e o uso responsável dos recursos naturais.

Criada no início de 2008, a Cativa Natureza se autointitula a primeira rede de lojas do Brasil a comercializar cosméticos com insumos orgânicos rastreados. A estreia se deu no Mercado Municipal de Curitiba, considerada a capital ecológica do país. Dali, perfumes, xampus, cremes, sabonetes e óleos conquistaram consumidores de todos os estados brasileiros e também da Europa.

Além de certificações próprias, a empresa trabalha com parceiros que se comprometem com a responsabilidade social e não utilizam produtos transgênicos ou irradiados. Outras diretrizes são ausência de conservantes químicos, corantes e fragrâncias artificiais, liberadores de formol, silicones, óleo mineral e derivados do petróleo. Nada de ingrediente que tenha origem ou sido testado em animais.

“Mesmo que nossos parceiros tenham certificação, nós testamos os produtos novamente para descartar, por exemplo, a presença de metais pesados. E trabalhar com ingredientes rastreados significa ter certeza da procedência desde o plantio até o nosso produto final”, explica a engenheira química Noara Zanella, responsável técnica da empresa, destacando que os cosméticos não utilizam fragrâncias sintéticas, mas óleos essenciais que tiveram a participação da agricultura familiar.

A ligação com a agricultura familiar está no DNA da fundadora da empresa. A socióloga Rose Bezecry trabalhou em Manaus (AM) com extrativistas, comunidades ribeirinhas e agricultores familiares. Ao participar de um curso em Curitiba, há cerca de 10 anos, viu a oportunidade de ingressar no ramo de cosméticos naturais e venceu a licitação da prefeitura para implantação de lojas do primeiro mercado orgânico do país.

“Eu tive de me capacitar e investi em aromaterapia, massoterapia, farmácia, empreendedorismo. E disse para mim mesma que criaria a primeira loja do Brasil a vender cosmético 100% natural, com insumos orgânicos rastreados. Hoje fabricamos 104 produtos com marca própria, distribuídos em pontos de venda e por representantes de vários lugares, além de uma van caracterizada da empresa. Além do respeito ao meio ambiente, prezamos também pela responsabilidade social”, destaca Bezecry.           

Recursos do Pronaf

A matéria-prima do óleo de girassol usado na fabricação de cremes e loções da Cativa Natureza vem da região metropolitana de Curitiba, no município de Almirante Tamandaré. Lourival Vieira, de 39 anos, planta o girassol que abastece a indústria. Ele e outros parceiros da empresa, como cooperativas, foram escolhidos pela qualidade do produto e por causa da certificação de orgânico.

Com apoio das políticas públicas da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), Lourival acessou as linhas Pronaf Custeio e Pronaf Investimento (leia mais aqui) para instalar um sistema de irrigação na propriedade e para aquisição de um trator. Ele e a mulher trabalham com foco em produtividade e respeito ao meio ambiente para fornecer produtos tanto para feiras em Curitiba quanto para fabricação de cosméticos.

“Para mim é uma boa parceria e mais um canal de mercado. É também uma satisfação ver que meu produto oferece segurança não só para comer, mas para passar no corpo. Porque sendo orgânico, sendo natural, é mais saudável”, garante o agricultor que também planta 30 variedades de hortaliças, além de milho e feijão, numa área de 10 hectares.

 

Adão Paulo Oliveira
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação
Contatos: (61) 2020-0128 / 0127 e imprensa@mda.gov.br

Ir para o Topo