Dom Helder Câmara atenderá 5.344 famílias no Ceará

terça-feira, 26 Dezembro, 2017 - 10:15
Jerúsia Arruda

A partir de 2018, o estado cearense passará a integrar o Projeto Dom Helder Câmara. Coordenado pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), o projeto corresponde a ações referencias de combate à pobreza e apoio ao desenvolvimento rural sustentável no Semiárido. Nesta quinta-feira (21), a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) firmou parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-CE). Com essa ação 5.344 famílias de agricultores familiares serão beneficiadas. 

A parceria foi assinada em ato solene no auditório Murilo Aguiar, na Assembleia Legislativa do Ceará. Serão investidos R$ 19.581.038,00 para as ações do eixo Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) que são realizadas pela Anater e serão executadas até o ano de 2020, em 102 municípios cearenses.

De acordo com o presidente da Anater, Valmisoney Moreira Jardim, a agência apresentou uma nova proposta de assistência ao agricultor familiar, integrada às políticas públicas voltadas para o setor, com diagnóstico, monitoramento e avaliação de resultados. “Chamamos essa proposta de Nova Ater, que possui um viés no desenvolvimento comunitário sustentável, visando gerar conhecimento dentro da própria comunidade. Essa nova forma de assistência vai possibilitar que a Anater leve para o campo uma nova estrutura, elevando a abrangência e a qualidade da assistência a ser ofertada aos agricultores e suas organizações econômicas”, ressalta o presidente.

As ações previstas no plano de trabalho do projeto visam assegurar oportunidades de integração econômica e social para agricultores familiares, indígenas, quilombolas, beneficiários do Crédito Fundiário e assentados da Reforma Agrária. Por meio da Ater, os agricultores familiares receberão apoio para capacitação tecnológica e gerencial em bases sustentáveis, incentivo e fomento para a instalação de unidades produtivas, contribuindo assim,para o resgate da cidadania e melhoria das condições de vida dos beneficiários.

Presente no evento, o secretário especial da Sead, Jefferson Coriteac, reforçou o valor da secretaria. “Nossa luta é sempre fazer o melhor para as pessoas, de forma especial aquelas que se dedicam à agricultura familiar, responsáveis por produzir 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros. E eu falo com convicção: o crescimento do Brasil passa pela agricultura familiar. Logo, nosso objetivo é atender o agricultor familiar.”

Ater

O eixo Assistência Técnica e Extensão Rural é coordenado pela Anater, beneficiando 35 mil famílias de agricultores de 572 municípios dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe (Nordeste), Minas Gerais e Espírito Santo (Sudeste). Para esse eixo o investimento será de R$ 170 milhões, até abril de 2020.

 

Carolina Gama
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação
Contatos: (61) 2020-0120 e imprensa@mda.gov.br

Com informações da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater)

Ir para o Topo