DFDA-SC participa de capacitação do PNCF no município de Treze Tílias

quarta-feira, 23 Maio, 2018 - 17:45

O trabalho em Santa Catarina está cada vez mais forte e crescente dentro da agricultura familiar. Para dar continuidade ao trabalho, a Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário de Santa Catarina (DFDA-SC) participou do evento realizado pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Santa Catarina (Fetaesc) para fortalecer ainda mais o importante papel de gestão e acesso à terra do Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF). O encontro aconteceu no município de Treze Tílias, entre os dias 14 e 15 de maio. 

O coordenador de Jovens e diretor de Política Agrária e Meio Ambiente, Adriano Gelsleuchter explica que “o evento se objetivou para os interessados em acessar o crédito fundiário das regiões de Videira e Joaçaba. Esta capacitação esclarece aos pretendentes todos os direitos e deveres que terão no programa, além do mais, são trabalhados temas suplementares de associativismo, cooperativismo, administração de pequena propriedade, sucessão rural, quais atividades trazem melhor rendimento e melhor renda.”

Neste evento estiveram presentes mais de 130 pessoas com destaque para a participação expressiva de jovens, sendo estes mais de 70% do público presente com idade inferior a trinta anos. “Isso demonstra que os jovens querem continuar fortalecendo a agricultura familiar, mas às vezes faltam políticas que possam auxiliar este fortalecimento e que tenham o jovem como objetivo. Outro ponto a ser mudado é a questão de redução de burocracia e agilidade para obter a contratação”, pondera Adriano Gelsleuchter.

O Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) é o mecanismo de aposta das atividades desenvolvidas pelos agricultores familiares, valorizando cada vez mais o trabalho e a sustentabilidade do campo. A relação com a juventude garante às gerações futuras o empreendedorismo e uma saída para o desafio que é o mercado de trabalho, sendo essencial a ampliação de projetos que facilitem e viabilizem a inserção dos jovens do campo, evitando desta forma, o êxodo rural.

O delegado federal de Santa Catarina, Rafael Larangeira, destaca que “é importante a capacitação da política do PNCF, pois nestes encontros conseguimos explicar o funcionamento da Sead, o cotidiano da DFDA e como se dá as tratativas importantes para a agricultura familiar. Ressalta ainda, a aproximação com os produtores familiares que necessitam de informação e principalmente buscam o acesso a políticas implementadas pela Sead, como forma de valorizar suas propriedades. Outro tópico abordado é a DAP que necessita de informações reais para descomplicar o acesso à linha de crédito junto a instituição financeira. ”

 


Assessoria de Comunicação 
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Contatos: (61) 2020-0120 e imprensa@mda.gov.br

 

Ir para o Topo