Campanha “Nenhuma Pernambucana Sem Documento” tem apoio da Sead

quarta-feira, 11 Outubro, 2017 - 16:15
Christiana Daisy/Divulgação
Assinatura do termo de cooperação técnica da campanha Nenhuma Pernambucana Sem Documento

Foi assinado na última segunda-feira (9) o termo de cooperação técnica da campanha Nenhuma Pernambucana Sem Documento, programa da Secretaria da Mulher de Pernambuco, que conta com a parceria da Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário (DFDA-PE).  “A Sead, por meio da Delegacia, também desenvolve o programa de documentação da trabalhadora rural. Com esta parceria reforçamos nossa participação nas políticas voltadas para as mulheres no estado”, salienta o delegado Rodrigo Almeida. 

Ao todo, 60 municípios serão visitados e 12 mil documentos serão emitidos, com suporte logístico da DFDA-PE, que disponibilizou veículo com motorista para o deslocamento das equipes de capacitação e emissão de documentos.  De acordo com o delegado, a ideia é ampliar a parceria incluindo a Secretaria da Mulher no programa da Sead e assim atender aos 184 municípios pernambucanos.

A previsão é que a emissão de documentos, que começou no mês de setembro, seja feita até o dia 21 de fevereiro, período em que deverão ser emitidos seis mil registros de identidade e seis mil certidões de nascimento e/ou casamento. Todos os documentos, inclusive segundas vias, serão expedidos gratuitamente.

Sílvia Cordeiro enfatizou a responsabilidade do Estado no desenvolvimento de políticas públicas capazes de atender às mulheres. A secretária ressaltou a importância da documentação como ponto de partida para que as residentes em áreas rurais possam acessar essas políticas.

Para esta edição estão sendo capacitadas 1,8 mil educadoras sociais. Nas campanhas anteriores foram formadas 10.062 educadoras e emitidos 85.204 documentos.  

A assinatura do convênio aconteceu no gabinete da secretária Silvia Cordeiro e contou com a presença de representantes das instituições parceiras desta 8ª edição do programa Nenhuma Pernambucana Sem Documento, tais como: Secretaria de Defesa Civil, Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, Instituto de Terras e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco e Programa Mãe Coruja. 


Fonte: Moema Luna / DFDA-PE

 

Ir para o Topo