Brasil representa América Latina em Fórum Global de Extensão Rural

quinta-feira, 10 Março, 2016 - 17:00
Foto: Ascom/MDA
Hur Ben Correa da Silva (à esquerda), coordenador de Inovação e Sustentabilidade (SAF/MDA), acompanha a reunião do Comitê Executivo do Fórum Global de Extensão Rural

Segue até esta sexta-feira (11), em Zurique, na Suíça, a reunião do Comitê Executivo do Fórum Global de Extensão Rural. O evento servirá para definir o Plano Anual – 2016 e o Plano Estratégico para os próximos dez anos. O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), que é membro do Comitê Executivo da Rede Latino Americana de Serviços de Extensão Rural, representa a América Latina no Fórum.

Por possuir uma política nacional e um marco legal de Ater, a Pnater e a lei nº 12.188/2010, o Brasil tem sido referência no tema. "Hoje, o país possui uma rede credenciada de mais de 600 organizações em todo o território nacional, articulada com as políticas voltadas para a agricultura familiar e a reforma agrária, bem como o desenvolvimento rural sustentável. O mundo quer saber como fizemos isso", conta o representante do MDA no evento, Hur Ben Correa da Silva,  coordenador de Inovação e Sustentabilidade (SAF/MDA).

O Fórum, que tem como diretriz a promoção de política pública de extensão rural nos países, busca preencher o vazio na articulação e na coordenação da política no mundo, decorrente do fenômeno da globalização da década de noventa. O encontro atua em sistemas de conhecimento e inovação na agricultura, defesa da extensão rural e da formação do profissional de Ater, sempre visando o desenvolvimento sustentável.

Reuniões anuais com gestores, extensionistas, acadêmicos e representantes de agricultores e suas organizações são realizadas, para debater sobre o tema, quando experiências são socializadas.  

Rede Latino Americana de Extensão Rural

O MDA ocupa a presidência da Rede Latino Americana de Serviços de Extensão Rural desde 2014, e representa a Rede no Comité Executivo do Fórum Global. 

O Comitê é formado por representações de 12 Redes Regionais, entre elas: África, Ásia, Pacífico e América Latina, e organizações como: FAO, Banco Mundial, GIZ, Fórum Global de Pesquisa Agropecuária e o Fundo Internacional para o Desenvolvimento da Agricultura.

 

 

 

 

Ir para o Topo