Notícias

A comercialização é a parte mais importante para quem produz alimentos. Ter mercado certo significa renda garantida para a família e a continuação do trabalho rural. Pensando nisso, o segundo Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (Planapo) contempla ações que fortalecem a comercialização dos produtos orgânicos, de base agroecológica e da sociobiodiversidade nos mercados locais, regionais, nacional, internacional e nas compras públicas.
Produtos de nove empreendimentos da agricultura familiar participarão pela primeira vez do XXIV Congresso Brasileiro de Nutrição, que acontecerá de 26 a 29 de outubro, deste ano, no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), em Porto Alegre.
Uma boa oportunidade de vendas para agricultores familiares está em curso até o início de outubro. A Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de São Paulo tem abertas três chamadas públicas – que dispensam licitação – para a aquisição de 62 mil quilos de fubá de milho, 126 mil quilos de feijão preto e 368 mil quilos de arroz parboilizado longo fino Tipo I. Todos são para atendimento ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).
O Governo do Distrito Federal (GDF) abriu chamada pública para a aquisição de alimentos orgânicos provenientes da agricultura familiar. Os interessados em participar devem apresentar os documentos de habilitação e a proposta técnica de venda na Diretoria de Compras Institucionais da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri-DF), pessoalmente ou via postal, até o dia 20 de outubro.
“As chocolateiras de Teixeirópolis” é o nome como ficou conhecido o grupo formado por 23 mulheres e dois homens. Com incentivo do governo do estado, e assistidos pela Emater de Rondônia, elas estão conquistando espaço por onde passam. Mas buscam mais: querem construir um prédio para abrigar a agroindústria. O terreno elas já têm, falta agora finalizar o projeto que vai erguer um novo ponto turístico e degustativo das doçuras do cacau.
O Programa de Cadastro de Terras e Regularização Fundiária da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) tem como objetivo possibilitar aos agricultores familiares a permanência na terra, por meio da segurança jurídica da posse do imóvel e o acesso às demais políticas públicas do governo – entre elas o crédito rural e a assistência técnica.
“Coloca aí que estamos muito felizes e pergunta se é possível que a terra seja uma só.” O espírito é esse na comunidade Noiva do Cordeiro, distrito rural da cidade de Belo Vale, a 100 quilômetros da capital mineira, Belo Horizonte. O senso de coletividade é forte entre as 98 famílias que moram por lá e que, hoje, vivem muito melhor graças ao Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF).
O papel da agricultura familiar na produção de alimentos saudáveis no país foi destaque na 15ª Plenária da Comissão Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica  (Cnapo), realizada nesta quinta-feira  (22), em Brasília. Esse foi o primeiro encontro entre representantes do Governo Federal e da sociedade civil depois do lançamento do segundo Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica  (Planapo/Brasil Agroecológico).
Nesta quinta-feira (22) é celebrada a chegada da primavera no hemisfério sul. Para comemorar o início da estação das flores, onde beleza é fundamental, uma cooperativa brasiliense investe na produção e comercialização de mudas. Dedicação e trabalho em equipe fazem a diferença para o sucesso da Cooperativa dos Produtores de Flores e Hortaliças (Multiflor).  
O Governo do Estado, através da Emater-RN, entregou equipamentos doados para a realização de 10 novas Feiras da Agricultura Familiar na região agreste e litoral sul. Foi realizada, ainda, entrega de kits destinados a Centrais de Comercialização do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA/Compra Direta.
Para apresentar as novidades do Plano Safra da Agricultura Familiar 2016/2017, a Delegacia Federal da Secretaria Especial da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) no Mato Grosso do Sul finaliza nesta semana uma série de reuniões técnicas no estado.
O secretário interino da Agricultura Familiar, Everton Ferreira, participou, na tarde desta quarta (21), como palestrante do Seminário para Avaliação do Cenário Nacional de Ater, organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultora (Contag), na sede da entidade, em Brasília. Ferreira representou o secretário especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, José Ricardo Roseno. 
O serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) em assentamentos da reforma agrária foi tema de reunião entre o secretário especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), José Ricardo Ramos Roseno, e representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). O encontro ocorreu nesta quarta-feira (21), em Brasília, com a presença de entidades vinculadas ao MST de diversos estados.
A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) vai selecionar 13 empreendimentos para participarem da edição 2017 da BioFach, de 15 a 18 de fevereiro, em Nuremberg, na Alemanha. O evento é considerado a maior e mais importante feira de orgânicos no mundo. Os selecionados vão expor no estande Brasil - Family Farming. 
A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG) está organizando uma caravana de 235 cafeicultores, do interior do Estado, para participar da Semana Internacional do Café (SIC). O evento começa nesta quarta-feira, 21 de setembro, no Expominas, em Belo Horizonte. A chegada dos ônibus com os produtores está prevista para quinta-feira (22). Os agricultores são de oito municípios do Sul de Minas (Conceição das Pedras, Cambuquira, Nepomuceno e São Gonçalo do Sapucaí) e da Zona da Mata (Viçosa, Ervália, Alto Jequitibá e Carangola).

Páginas

Ir para o Topo