Mais Alimentos

Nesta quarta (3), ministro Rossetto visita agricultores familiares na 37ª Expointer

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, participa da maior feira agropecuária da América Latina, a Expointer, nesta quarta-feira (03). O evento, que está em sua 37ª edição, vai até 07 de setembro, em Esteio (RS), e tem participação importante da agricultura familiar em dois espaços: o Pavilhão da Agricultura Familiar e um estande exclusivo do programa Mais Alimentos.

Representantes da indústria de máquinas analisam alcance de políticas públicas

A importância econômica e social do Programa Mais Alimentos e da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) Equipamentos ganhou destaque em reunião, nesta segunda-feira (18), em Brasília.

Programa Mais Alimentos impulsiona indústria nacional de máquinas agrícolas

O programa Mais Alimentos foi criado em 2008, pelo então presidente da República Luís Inácio Lula da Silva, com o objetivo de impulsionar a produtividade dos agricultores familiares e apoiar o aumento da produção, além de incentivar a venda de máquinas agrícolas nacionais. O agricultor que adquire um equipamento através das linhas de crédito do Mais Alimentos tem um prazo de até 10 anos para pagar, com juros de 0, 5% a 2% ao ano.

Ministro prestigia primeira exportação de tratores do Mais Alimentos

Contribuir com a segurança alimentar de outros países e fortalecer a produção brasileira de máquinas e implementos agrícolas é o objetivo do programa Mais Alimentos Internacional, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). E nesta sexta-feira (15), o ministro Miguel Rossetto, esteve em Caxias do Sul, região Nordeste do Rio Grande do Sul, para dar a largada à exportação de tratores pelo programa.

Crédito para agricultura familiar possibilita permanência de jovem no campo

Ter um pedaço de chão sem precisar deixar o lugar onde nasceu e cresceu. Com esse objetivo em mente, o jovem agricultor familiar de Santa Lúcia (PR), Odair Jacó Braun, financiou, em 2009, uma propriedade rural de 3.11 hectares pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF). Com apenas 18 anos, ele protagonizou uma história de sucesso, desenvolvimento e sucessão rural.

Páginas

Ir para o Topo