Notícias

Patrus Ananias, ministro do Desenvolvimento Agrário 
Estimular a produção de itens agroecológicos e de produtos que integram a cesta básica de alimentos. Essas são as prioridades do Plano Safra 2016/2017, que será lançado nesta terça-feira (03), no Palácio do Planalto. Para isso os incentivos para os agricultores familiares terão condições diferenciadas, com juros abaixo dos praticados no mercado, ao acessarem as linhas de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).
Uma equipe de 20 técnicos vai realizar mutirões de documentação em municípios da Paraíba, a partir desta segunda-feira (2). Agricultoras das localidades de Poço Dantas, Joca Claudino, Bernardino Batista, Uiraúna, Poço José de Moura, Triunfo, Santa Helena, São João do Rio do Peixe, Bom Jesus, Cachoeira dos Índios, Bonito de Santa Fé e Carrapateira terão a oportunidade de colocar em dia, gratuitamente, sua documentação. Na oportunidade, também será realizada a testagem do tipo sanguíneo e a vacinação contra o HPV. Os mutirões no estado prosseguem até 13 de maio.
O MDA vem acompanhando de perto a variação dos preços em produtos alimentícios, a fim de adotar políticas públicas que possam reduzir custos e ampliar a produção, com o objetivo de garantir ao consumidor a compra de alimentos saudáveis a preço justo, bem como levar ao produtor da agricultura familiar maior previsibilidade no plantio e uma remuneração satisfatória por seu trabalho. Para isso, o Plano Safra 2016/2017, que será anunciado na próxima terça-feira (3), trará medidas diferenciadas para um conjunto de alimentos que integram a chamada cesta básica.
A presidenta Dilma Rousseff, anunciou neste domingo (1º), durante evento do Dia do Trabalhador, em São Paulo, o lançamento do Plano Safra 2016/2017 da Agricultura Familiar, previsto para a próxima terça-feira (3), em Brasília. “Vamos garantir recursos, tanto para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) como para a Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater)”, afirmou, no início desta tarde.
“Com todo o respeito às pessoas aqui presentes, professores, estudantes, pessoas amigas, e que eventualmente pensam de modo diferente, a leitura que faço desse momento que o país está vivendo, é que as forças políticas, econômicas, sobretudo, é que estão trabalhando com a perspectiva de impedimento da presidenta Dilma Rousseff, estão fazendo isso não pelos nossos erros, ou pelos erros de pessoas militantes do partido dos trabalhadores ou por partidos nossos aliados que cometeram erros graves que devem ser explicitados e as pessoas penalizadas nos termos da legisla
Criada em 2008, por 10 famílias de agricultores familiares do assentamento da reforma agrária Vale do Amanhecer, situado a 72 quilômetros da cidade de Formosa (GO), a Cooperval - Cooperativa Mista do Vale do Amanhecer, hoje, quase triplicou o número de cooperados (são 26, atualmente) e faz planos para expandir tanto a produção quanto a comercialização de seus produtos. O Plano Safra da Agricultura Familiar 2016/17, que será lançado na próxima terça-feira (3), prevê maior apoio ao cooperativismo.
Mulheres rurais e indígenas de Cantá, em Roraima, poderão solicitar de graça seus documentos pessoais entre os dias 2 e 6 de maio. O mutirão do Programa Nacional da Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR/MDA) estará no município para emissão de registros de nascimento e de casamento, CPF e carteiras de identidade e de trabalho. A expectativa é que sejam atendidas 500 famílias.
O mutirão itinerante da documentação da trabalhadora rural vai passar, entre os dias 30 de abril e 15 de maio, nos municípios paraenses de Aurora do Pará, Tomé-Açú, Bujarú e Mãe do Rio. Durante a ação, será possível tirar certidão de nascimento, carteira de identidade, CPF, declaração do Pronaf (DAP), bem como fazer a inscrição no Cadastro Único. A previsão é de que sejam atendidas 1,5 mil famílias e emitidos quatro mil documentos.
‘Filosofia do Direito, os Direitos Humanos e a Questão Agrária: Violência, Trabalho Digno e a Função Social da Propriedade’. Este é o tema do segundo seminário do Ciclo de Debates sobre a Função Social da Terra que o Grupo de Estudos de Direito Agrário (Geda/MDA), está promovendo em Belo Horizonte, em parceria com a Faculdade de Direito Milton  Campos e a Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, e que será encerrado hoje com a presença do ministro Patrus Ananias.
A Universidade de Brasília (UnB) deverá sediar, nos próximos dias, um encontro para debater sobre a importância da democracia brasileira e a atual conjuntura política do país. A roda de conversa será conduzida pelo ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, e será realizada ainda em maio. O convite partiu de docentes do curso de Direito, que se reuniram, nesta quinta-feira (28), com o ministro para manifestar desaprovação em relação ao processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff e declarar apoio ao governo federal.
O agricultor familiar e estudante de Agronomia, Alexandre Rodrigues Guimarães Silva, 21 anos, de Limoeiro do Norte (CE), viu no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) uma opção para viabilizar seu projeto de ampliação da oferta de água na lavoura. Buscou então financiamento de R$ 61 mil pelo Pronaf Mais Alimentos do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), em outubro de 2015 e, em novembro já tinha os recursos à sua disposição.
O ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, esteve reunido na manhã desta quinta-feira (28) com a presidenta Dilma Rousseff, e integrantes da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), no Palácio do Planalto. O ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, também participou do encontro. Os trabalhadores rurais pediram que a presidenta destine, pelo menos, R$ 30 bilhões para custeio e investimento da agricultura familiar, no Plano de Safra 2016/17, que será lançado na próxima terça-feira (03).
O  ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, participou da mesa de abertura da 12ª Conferência Nacional dos Direitos Humanos, ao lado da presidenta Dilma Rousseff e de outros representantes do governo, nesta terça-feira (27). O evento, realizado em Brasília (DF), tem como objetivo consolidar as políticas de direitos humanos no Brasil e reafirmar os compromissos contidos no Programa Nacional dos Direitos Humanos. 
Durante encontro com os superintendentes regionais e a direção do Incra, nesta quarta-feira (27), na sede da autarquia em Brasília, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, destacou os avanços nas políticas públicas para a agricultura familiar, afirmando que o setor é o principal responsável pela produção de alimentos consumidos diariamente pelos brasileiros e pela geração de empregos no campo.

Páginas

Ir para o Topo